fbpx

Criar renda extra: coragem, criatividade e Internet para vender mais

Em um cenário de incerteza e distanciamento, criar renda extra parece impossível. Não é.

Se tem uma coisa que a pandemia trouxe de positivo para alguns empreendedores, foi o reforço em sua capacidade de realização, determinação e trabalho. Muitos negócios tradicionais foram interrompidos por conta da necessidade de distanciamento social, mas isso não freou quem sempre procura criar renda extra.

Pense em um pequeno salão de beleza, com um profissional liberal acostumado a atender dezenas, centenas de pessoas no mês e que, de repente, precisou fechar as portas e passou a não ter nenhum cliente. Como serviço não essencial, ficou sem receita de um mês para o outro em um estalar de dedos.

Como criar renda extra para pagar as contas, que continuam chegando? Algumas histórias reais são muito importantes para nos oferecerem esperança e inspiração, e elas estão aí, pertinho de você, no seu bairro. Você só precisa sair de casa, com segurança e respeitando os protocolos de saúde, para aprender com estas pessoas.

Já leu meu novo livro? “Quebre a Caixa, Fure a Bolha” (clique)

Criar renda extra: histórias que inspiram

Em uma recente publicação da AgênciaBrasil, “conheci” Aline Lima e Dionísio da Silva Pereira. Aline era cabeleireira em Araraquara, interior de São Paulo, e teve 90% de sua renda simplesmente eliminada de março para abril, quando começou a determinação de não funcionamento para os serviços não essenciais.

Aline tinha uma pequena reserva e tentou recorrer ao auxílio emergencial, mas seu cadastro não foi aprovado. O seu salão de beleza havia fechado e ela precisava criar renda extra de alguma forma. Ela se aliou à esposa de um amigo, que tem uma fábrica de pijamas, e passou a vender pijamas.

Como pega as peças em consignação, não precisou investir em estoque inicial e passou a oferecer os produtos pela Internet, Whatsapp e entre pessoas de seu convívio. Segundo Aline, a nova atividade tem feito toda a diferença neste momento.

Dionísio da Silva Pereira, de Horizonte (Ceará), vendia cosméticos, até que a pandemia chegou e derrubou a demanda pelos seus produtos. A queda na renda e a necessidade de distanciamento social claramente impactaram o desejo de suas clientes por seus produtos, e Dionísio resolveu mudar de ramo.

Com a reserva que possuía e ajuda inicial, começou a costurar e produzir máscaras para vender. Além das máscaras, ele e sua família já começam a fazer algumas peças mais simples de roupa e, com a ajuda da Internet, recebem pedidos de toda a região. Com essa maneira de criar renda extra, Dionísio reduziu o impacto da pandemia no seu bolso.

Leia também: Renegociar o aluguel: como agir para aliviar o orçamento

Criar renda extra: de alternativa a necessidade

A maioria das pesquisas envolvendo pequenos empreendedores atesta que pelo menos 60% da renda foi perdida com a situação da pandemia. Este número pode saltar para perto de 80% (ou mais) nos casos de cidades que adotaram regras mais rígidas de isolamento social, fechamento de estabelecimentos e restrições de circulação.

Praticamente 8 em cada 10 microempreendedores e empreendedores de pequeno porte registraram queda de faturamento, independentemente de terem ou não fechado suas portas. Muitas destas pessoas tinham alguma reserva, capital de giro, mas para no máximo três, quatro meses.

O que fazer para criar renda extra? Tentar outras coisas, aumentar o leque de serviços e produtos, vender de maneiras diferentes. Pense no seu caso. O que você fez (ou faria) para tentar vender mais e elevar seu faturamento?

Leia também: Educação Financeira: uma questão de amor, sentido e realização

Criar renda extra: a Internet foi finalmente “descoberta”

As histórias que conhecemos nos parágrafos anteriores tem dois ingredientes comuns:

  • Coragem. Aceitar a dura realidade e apenas lamentar não faz muito sentido, portanto os dois empreendedores decidiram arriscar-se em uma nova atividade, e rápido, para que o efeito da pandemia fosse o menor possível no seu orçamento doméstico;
  • Internet. Ambos também passaram a utilizar ferramentas e aplicativos online para a oferta de seus produtos, usando desde Whatsapp/Telegram (apps de mensagens instantâneas) até opções mais sofisticadas, como Instagram por exemplo. Ambos saíram de negócios locais, com demanda conhecida, para explorar novos públicos com a ajuda da Internet.

Um levantamento feito pela startup SumUp, que oferece maquininhas de cartão para microempreendedores, atesta que 70% dos entrevistados passou a vender online com a pandemia. E como alternativa para criar renda extra, estão vendendo os seus produtos e serviços, mas também os de terceiros.

Já na terceira rodada da pesquisa com cerca de 3.800 microempreendedores com média de R$ 2 mil por mês em transações, a realidade mudou bastante. O número de pequenos negócios que usava a Internet para vender dobrou desde o início da pandemia, quando a pesquisa foi iniciada.

Adivinha qual é o aplicativo mais usado para oferecer produtos e serviços? Ele mesmo, o WhatsApp. Segundo a pesquisa, 67% dos microempreendedores disse usar o aplicativo de mensagem mais popular do mundo para vender. Depois vem o Instagram, com 22% da preferência.

Uma mudança importante foi a questão da entrega. Com muitos estabelecimentos de portas fechadas, a entrega passou a ser um fator de diferenciação e sua importância cresceu. Os pequenos negócios, no entanto, fazem a entrega eles mesmos ou através de entregadores locais, mas sem uso de aplicativos específicos para entrega.

Clique para vídeos de Educação Financeira

Criar renda extra: você também consegue

Mais do que uma realidade possível para muitos brasileiros, criar renda extra agora virou uma questão de sobrevivência. E nós, brasileiros, somos muito bons nisso. Um povo guerreiro, criativo e muito generoso, sabemos lidar com as dificuldades e os exemplos trazidos hoje são prova disso.

Agora é a sua vez. A esta altura, você já deve estar agindo de forma diferente em relação ao início da pandemia. Criar renda extra já deve ser uma realidade por aí. Funcionou? O que você fez? É muito importante que você compartilhe sua experiência para que outros brasileiros possam se inspirar em você.

A Internet certamente é parte do seu novo plano e talvez você já tenha inclusive alterado sua estratégia para passar mais tempo no WhatsApp e Instagram. Funciona! O melhor disso tudo? O coronavírus logo será uma lembrança. Dolorosa, mas será passado. Seu aprendizado, contudo, permanecerá e impulsionará ainda mais seu negócio.

—— Este artigo foi escrito por Conrado Navarro. Este artigo apareceu originalmente no site Dinheirama.A reprodução deste texto só pode ser realizada mediante expressa autorização de seu autor. Para falar conosco, use nosso formulário de contato. Siga-nos no Twitter: @Dinheirama

Por Dinheirama
https://dinheirama.com/como-criar-renda-extra-coragem-criatividade-internet/

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *