A crise econômica causada pela pandemia do coronavírus deixou muitos trabalhadores desempregados. A OIT (Organização Internacional do Trabalho) alertou que migrantes estão voltando sem dinheiro aos seus países de origem depois de serem despedidos.

A OIT diz que a situação é preocupante, já que os países de origem têm mercados frágeis e que estão ainda mais debilitados pelas consequências da covid-19.

O problema dessa previsão se concretizar existe em duas frentes. Na 1ª, parte dos países de origem dos trabalhadores não têm mecanismos para integrá-los de forma ativa no mercado de trabalho. Aqui, a OIT destaca de forma especial os países da Ásia e África.

.mod-newsletter.full .title, .mod-newsletter.full h1 {font-size:18px;text-transform:none;}.mod-newsletter.full .title small, .mod-newsletter.full h1 small{font-size:16px;}.mod-newsletter .title, .mod-newsletter h1{font-family:”Prelo”,sans-serif;}.mod-newsletter.full input[type=text]{font-size:14px;padding: 10px 7px;}.mod-newsletter.full input[type=submit] {padding:9px 0;margin-top:-21px}.mod-newsletter.full {margin:15px 10px; padding:20px 15px 15px; border: 1px solid #d2d2d2; background:transparent; background-color#fff;}.enviar .container {width:100%;}.content.wp h1, .content.wp h2 .enviar{margin:0;}@media only screen and (max-width: 1279px){.mod-newsletter.full h1{font-size:15px;}}@media only screen and (max-width: 1279px){.mod-newsletter.full h1 small{font-size:14px;}}@media only screen and (max-width: 767px){.mod-newsletter.full h1 {padding-bottom:11px;}}

Receba a newsletter do Poder360

Na 2ª frente do problema estão as famílias que recebiam parte dos salários mensalmente e precisam desse dinheiro para sobreviverem. Ao perder parte do sustento, aumentando a pobreza e tendo impacto ativo na economia.

A estimativa é que existam 164 milhões de trabalhadores migrantes em todo o mundo, sendo quase metade mulheres. O número representa 1 total de 4,7% da força de trabalho global.

Por Poder360
https://www.poder360.com.br/economia/milhoes-de-trabalhadores-migrantes-devem-voltar-aos-paises-de-origem-diz-oit/

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *